Você está pesquisando por News?
+55 11 2193-2960
+55 11 94788-8015
Busca em Local:São Paulo (1 - 10 de 185)
Exibição:
Thumb pequena
  • Thumb pequena
  • Thumb média
  • Thumb grande
Autorizações
  • Autorizações
  • Com Model Release
  • Sem Model Release
20 fotos por página
  • 20 fotos por página
  • 40 fotos por página
  • 80 fotos por página





Carregando...
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373843
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373843

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373842
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373842

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373841
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373841

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373840
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373840

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373839
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373839

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373838
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373838

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373837
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373837

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373836
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373836

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373835
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373835

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373834
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373834

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373851
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373851

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373850
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373850

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373849
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373849

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373848
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373848

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373847
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373847

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373846
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373846

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373845
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373845

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373844
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373844

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 15/07/2017
Cod. da imagem: 1373833
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 15/07/2017

Cod. da imagem: 1373833

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Casa do Zezinho

Com método inovador, Centro Cultural ...
Data da imagem: 13/07/2017
Cod. da imagem: 1373824
Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Com método inovador, Centro Cultural no

Data da imagem: 13/07/2017

Cod. da imagem: 1373824

Com método inovador, Centro Cultural no

Crédito: Tom Vieira Freitas/ Fotoarena

A Instituição Casa do Zezinho é uma ONG desenvolvida para crianças e adolescentes de baixa renda, fundada em 1994 por Dagmar Rivieri Garroux (Tia Dag, 63), na Região do Capão Redondo, zona sul da capital paulista. Seu nome foi inspirado na poesia de Carlos Drummond de Andrade ?E agora José??. O Poema faz uma alusão do nome José como uma figura esquecida e desamparada, o famoso ?Zé ninguém?. A Tia Dag usa a pergunta do poeta e cronista brasileiro exclamando-a, ?É AGORA JOZÉ!? a única forma de transformação do indivíduo e da sociedade é a educação. Desde sua fundação até os dias atuais já passaram pela ONG mais de 20.000 Zezinhos (como são chamados as crianças e adolescentes que passam pela Instituição). Um dos pilares mais fortes da ONG é a Pedagogia do Arco Íris, cada sala representa uma cor do arco íris e os Zezinhos seguem um processo de evolução de acordo com a idade. As salas são: Violetas (lilás), Jeans (índigo), Mares e Rios (azul claro), Matas (verde), Solar (amarelo), Oriente (laranja) e a sala Coração (vermelho). A sala Violeta é a porta de entrada do Zezinho com idade media de 6 a 7 anos, a última é a sala Coração que é destinada a adolescentes e jovens adultos entre 17 a 21 anos de idade. Cada sala educativa é dividida em duas turmas enquanto uma está em sala, outra está em atividade em algum espaço da Casa do Zezinho que conta com laboratórios de Informática, biblioteca, quadra esportiva, sala de vídeo, refeitório, piscina, além de cursos de foto e vídeo, mosaico, Jiu Jitsu, Kong Fu, Capoeira, oficina Maria Zezinho, que oferece aulas de costura, crochê, artesanato e tricô para mães e avós, Acupuntura e Gastronomia. A Pedagogia do Arco Iris foi desenvolvida na Casa do Zezinho por Tia Dag e tornou-se referência no Brasil. Mas devido a crise que país vem atravessando essa inovação educativa sofre ameaça. Até 2016 o espaço cultural tinha 21 patrocinadores, em 2017 apenas 15 renova

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
 
 
  < Anterior
 
HOME    |    QUEM SOMOS    |    PARCEIROS    |    ENTRE EM CONTATO    |    TERMO DE USO

COPYRIGHT 2008-2018 FOTOARENA. PROIBIDA A CÓPIA OU REPRODUÇÃO SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA..